Essas coisas, logo aí embaixo... Palavras ditadas por um Ghost Writer.

29 de jan de 2008

Ainda [dá pra olhar] a eMeTeVê?!!

Sim, amiguinho, a eMeTeVê ainda apresenta [clipes?! Oh!!] razões para ser assistida. Claro, não tô falando do VMB, ou da programação diurna da emissora. Tou fazendo referência à madruga... Saca, quando o sono não bate, ou a pessoa tem motivos [acabo de não achar no dicionário a palavra que queria usar aqui: "escusos". Como não gosto de usar palavras erradas, paciência, uso uma "expressão-quebra-galho", pra - tentar!! - me fazer entender...] variados pra não ir dormir?!


Eu ainda acho que a TV Musical cavou a própria cova com os novos rumos que escolheu [escolheram?!] pra si. Penso que, no atual momento, com Youtubes e MP3's da vida, o melhor caminho de uma TV que se baseia em música seria a diversificação de programas segmentados, especializados, apresentados por gente interessada e entendida no assunto... Afinal isso é bem mais difícil de se achar na internet, e não é em todo lugar que o cara já pôde ter a chance de ouvir comentários de Gastão Moreira, Fábio [??!] Massari, Thunderbird, entre outros...


Não vai ser se enquadrando conforme as possibilidades oferecidas pela internet que a eMeTeVê vai manter a audiência com a TV ligada! Até por que, nesse formato, a rede de computadores ganha muito mais adeptos [é aquela coisa de “jogar no campo do adversário”, saca?! Ele já tem as manhas, e tu ali, tentando aprender, engatinhando. É ÓBVIO que vai dar em merda...].


Assim [apresentando diversos programas, com temáticas musicais variadas – tipo, um programa de “Stoner Rock”, um outro de “Rap Underground” e, claro, programas com temática mais pop e tal...] eles não teriam uma audiência massiva durante todo o dia, mas teriam audiência do segmento com o qual o programa dialoga!!


Claro, a partir do momento em que o Zico Góes [... E eu pensava que esse cara era uma "invenção" dos caras do Rockgol... Mas o "eMiTiVí Debate" me provou o contrário.], diretor da bagaça, vai num dos programas e diz algo do tipo: "quer ver clipe, vai no 'eMiTiVí Overdráive'", ou "estamos aumentado o Target [SEI LÁ SE É ASSIM QUE SE ESCREVE ISSO!! que fique claro...] da audiência da emissora, pessoas com mais idade estão vendo a eMiTiVí por que estamos veiculando narrativas mais longas do que um video clipe, blablabla...”, dá pra ver que o pessoal tá muito preso à “pesquisas” - genéricas – do que com o telespectador, propriamente...


Ahpoisé [!!], mas quem sou eu pra falar tudo isso, né?! Só um bobão que descobriu muito sobre rock nos últimos 6 anos, e alguma parte graças à essa rede de TV?! Um estudantezinho de jornalismo, com aspirações literárias & megalomaníacas?! Um louco com 1/2 [leia-se MEIA] dúzia de idéias legais?! É, pode ser tudo isso aí... Mas o mais importante de tudo, eu sou PÚBLICO, sou parte da [provável] audiência dessa emissora. Falando em termos bem empresariais, que eles devem entender melhor: eu sou CLIENTE dessa joça!! E o cliente tem sempre razão, "nénão"?!


Tipo, vou listar as belezocas que eu andei vendo no madrugadão: Ultramen [alguma música do último disco deles...]; Cooper Cobras [Rockão dos bons!!]; Sonic Youth [dispensa comentários, mas só pra deixar claro, ver o clipe de Teenage Riot é uma daquelas coisa lindas da vida.]; QotSA [clipe de “3's and 7's”, do Era Vulgaris: muuuito bom. Deserto, carros, película arranhada, estética doidona e garotas gostosas. Um clipe precisa de mais alguma coisa, além da música boa?!!]; Tim Maia [aquele vozeirão da fase “Racional” não precisa de qualquer explicação...]; Smashing Pumpkins [algum clipe novo, não lembro ao certo. E eu gostei do disco novo!!]; Stone Roses [I wanna be adored... I wanna be adooooooooooooored!!!]


Até Tequila Baby, que não é lá a melhor coisa do mundo [nem o melhor cover dos ramones, heheheehe... Sorry, perder o respeito, tudo bem. A ironia, NUNCA!!] foi legal de ver na madrugada "eMeTeVêanica". Tanto por ser uma banda que nunca teve tanto espaço, aparecendo numa "brecha" da programação, como por causa do saudosismo. Afinal eu já toquei [no violão] e pogueei ao som da tequila [e só pra deixar registrado: aquele CD ao vivo deles, no dia mundial do rock, de DOIS 100, acho, é FODAPRACARAIO...]. Sim, eu já fui jovem e [mais] esperançoso, hahahahaha!!


Falar mal da eMeTeVê é como falar mal do Orkut... O problema não está no meio [de comunicação], mas sim no uso que as pessoas dão a ele... Eu tanto posso quebrar gravadoras através de links encontrados “nUM Grande Site de Relacionamento da Internet” como posso escrever idiotices, só depende de mim [e da “mão invisível” do nosso amigo Google, que anda deletando postagens e tópicos 'à torto e à direito'!!]. Então era isso pessoas, no mais, desliguem a TV e vão ler Bukowski [ou Hunter Thompson... Ou Rubem Fonseca!!].