Essas coisas, logo aí embaixo... Palavras ditadas por um Ghost Writer.

18 de jul de 2011

Candy Candy Blues

desculpa garota
se sou tão complicado
tão atrapalhado
atrasando tua vida
ao fazer sombra ao teu lado

mas é que toda a manhã
eu acordo e luto
contra a cristã moral
da minha cruz a pesar

e se ela me faz
tão altruísta e legal
também não deixa mostrar
nada além da Razão


e se você pensa que
estou aqui
a me divertir

você se enganou
montar todo esse circo
exige alguma atenção

e se você pensa que
realmente
eu não me importo

você se enganou
algum momento/movimento
você perdeu o refrão
.
.
.
O texto é de junho, mas ainda dialoga muito com a realidade. A postagem é pra marcar minha ENÉSIMA tentativa de "escrever" em versos - pra colocar melodia e tals... Música. Tou tentando abandonar essa 'Estética da Bundamolice' mas, porenquanto, "es lo que hay (Pablo!)". Mark Lanegan (e Tom Waits) faz(em) isso com MUITO mais propriedade...

Mudando a abordagem - tentando , a partir de agora tou tentando voltar a temática do dia-a-dia e suas desigualdades sociais que eu expressava lááá no passado, nos escritos punks perdidos nas caixas de papelão do quarto, no notebook furtado por sei-lá-quem EM HORÁRIO DE TRABALHO e não reembolsado por empregador(es) filho(s)-da-puta. Contudo, hoje, a sutileza e o detalhe é que dão o tom, ao invés do grito panfletário.

Vamovê no que dá (e SE dá em algo)...
.

Um comentário:

bruno bandido disse...

lanegan e tom waits são bons referenciais mesmo.